Anuncio!

A colunista Mônica Bergamo destaca que o ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, estuda a hipótese de fazer delação premiada. Ele tem falado sobre o tema abertamente em Curitiba, onde está preso.

O advogado do petista, José Roberto Batochio, nega a possibilidade. Palocci foi o principal interlocutor do empresariado na era Lula/Dilma Rousseff. O potencial de uma delação dele é considerado mais do que explosivo.

Postar um comentário