Anuncio!


mata
G1 RN – A Delegacia de Polícia Civil de Goianinha abriu uma investigação para apurar a causa do incêndio iniciado na sexta-feira (7) na Mata do Pilão, na região Leste do Rio Grande do Norte. De acordo com o delegado Wellington Guedes, a princípio não foi constatado a existência de indícios de crime. No entanto, ele afirma que as investigações prosseguirão e caso seja encontrado algum indício de que o fogo foi provocado de forma criminosa, será instaurado um inquérito para a apuração do fato.
A Mata do Pilão fica em uma reserva ambiental da Área de Proteção Ambiental Estadual (APA) Piquiri-Una. A APA é formada por mais de 40 mil hectares, abrangendo cinco municípios potiguares: Goianinha, Canguaretama, Espírito Santo, Pedro Velho e Várzea. Até o momento, as chamas destruíram uma área de aproximadamente 200 hectares, o equivalente a 200 campos de futebol. Na manhã desta segunda (10), o Corpo de Bombeiros anunciou que foi controlado o incêndio, mas focos de incêndio voltaram a surgir no final da tarde.

Postar um comentário