Anuncio!

Tribuna do Norte – A partir das 6h de amanhã (16), e por tempo indeterminado, os servidores municipais da Saúde iniciarão uma greve. A paralisação reduzirá não somente a mão de obra nos postos de saúde, hospital e maternidades municipais, mas também no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Das nove ambulâncias equipadas como Unidades de Suporte Básico (USB), quatro não sairão da garagem. Das três Unidades de Suporte Avançado (USA), também chamadas de Unidades de Terapia Intensiva Móveis, uma ficará parada na sede do Samu Municipal, em Dix-Sept Rosado. Consequentemente, o tempo de atendimento das ocorrências será impactado em toda a capital.

Postar um comentário