Anuncio!

Foto: Erivan Camara 
Uma noite antropológica
Na noite de sabado(29) foi realizado o 1º Formicultura na comunidade Formigueiro no município de Barcelona, o evento contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Barcelona, a população conheceu um pouco a historia da comunidade nos anos 70 e 80, o inicio aconteceu as 19;00 hs na casa de evento Formigão Casa Show.
Uma noite histórica para construção antropológica de um povo cheio de Boa Esperança que quando reunidos em prol de uma causa confundem-se com um verdadeiro formigueiro – Formigueiro humano.
Assim podemos denominar a noite desse sábado (29) em um evento denominado FormiCultura. O evento recém-criado pelo organizador de eventos Jarles Câmara visa resgatar a cultura do povo interiorano em especial do interior do Nordeste brasileiro.
Logo na estreia do evento, houve uma dedicação para um resgate fidedigno da história cultural do povo da comunidade rural Formigueiro/Barcelona RN. Como não podia faltar, a programação contou com a história desde a fundação da comunidade passando pelas curiosidades, personagens históricos que construíram a historicidade cultural de um povo.
Uma plateia ávida e curiosa lotou as dependências da casa de eventos logo no início da noite. Esses, entusiasmados visitaram a casa do homem do campo, a casa do agricultor assim como a cerca da saudade, que compunha uma exposição de fotos dos antepassados da comunidade. Cada espaço desses foram decorados com peças antigas tais como rádio a pilha, TV a bateria de automóvel, lamparinas, bule, chaleira, ferro a brasa, pilão, moinho entre outras peças. Verdadeiras relíquias que estiveram junto aos formigueirenses na construção de sua identidade nesses quase três séculos.

No palco, apresentadores reversavam-se encaminhando uma exposição de fatos, fotos e poesias sempre endossados com a participação constante da plateia – esses, os grandes partícipes tanto desse momento quanto dessa história. Participação regrada a gargalhadas com os causos inusitados, as vezes lágrimas de saudades, sentimentos que vez ou outra confundiam-se com o orgulho, orgulho de um povo chamado FORMIGUEIRENSE.


Postar um comentário