Anuncio!

Espírito Santo - O Flamengo está eliminado da Primeira Liga. Após o empate em 1 a 1 no tempo normal, a equipe carioca foi derrotada por 5 a 4 nos pênaltis pela  equipe do Paraná. O time que foi para campo era reserva, mas tinha jogadores de peso como Éverton Ribeiro e Conca.
No tempo normal, as duas equipes marcaram uma vez. Ambos os gols no segundo tempo. Éverton Ribeiro abriu para o Flamengo de pênalti e Renatinho deixou tudo igual em cobrança de falta.
A próxima partida dos cariocas será no próximo dia 7 contra o Cruzeiro, no primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil, no Rio de Janeiro.
Pelo Campeonato Brasileiro, o Rubro-negro volta aos gramados no próximo dia 10 em duelo contra o Botafogo, no Nilton Santos, em confronto pela 23º rodada.
Flamengo foi derrotado pelo Paraná nos pênaltisDivulgação
O JOGO
Em campo, o Flamengo até mostrou vontade contra a disposição do Paraná, mas pecou na falta de entrosamento dos jogadores. Nos primeiros minutos, a aposta era na velocidade dos atacantes Vinicius Junior e Felipe Vizeu, mas nada que incomodasse o goleiro Richard. O primeiro lance de perigo mesmo só aos 40, quando Cristovam quase marcou contra ao desviar um cruzamento de Everton Ribeiro.
Na segunda etapa, o Paraná resolveu mostrar logo de cara que poderia surpreender. Aos 5 minutos, o zagueiro Iago Maidana acertou uma cabeçada no travessão e assustou o goleiro Alex Muralha. Pouco depois, aos 9, Felipe Vizeu sofreu uma lesão no joelho e teve que deixar o jogo.
O que o Flamengo não contava era com a reação instantânea do Paraná. Aos 20 minutos, Renatinho cobrou uma falta da intermediária e contou com a ajuda de Alex Muralha, que não conseguiu chegar na bola.Sem o centroavante, coube a Geuvânio jogar mais enfiado e ele conseguiu um pênalti para o Flamengo. Aos 18 minutos, tentou um cruzamento e a bola bateu no braço de Igor. Na cobrança, Everton Ribeiro chutou colocado no ângulo direito alto de Richard, que nem se mexeu.
A partir daí, pouca coisa aconteceu. De destaque, a entrada do meia argentino Darío Conca, muito pedido pela torcida flamenguista em Cariacica, e dois chutes sem muito perigo no gol defendido por Richard.
Nos pênaltis, Richard se destacou ao defender duas cobranças - uma de Vinicius Junior e a decisiva de Lucas Paquetá. Pelo Paraná, apenas Murilo Rangel não converteu ao acertar o seu chute no travessão. Coube a Vitor Feijão, já na primeira alternada, fazer o gol da classificação paranista.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO (4) 1 X 1 (5) PARANÁ
Local: Kleber Andrade, Cariacica (ES)
Árbitro: Renato Cardoso da Conceição (MG) 
Cartões amarelos: Romulo (FLA); Maidana e Igor (PAR)
Cartão vermelho: Não houve.
Renda/Público: 9.834 presentes / R$ 344.860,00
Gols: Renatinho, 18'/1ºT (1-0); Renatinho, 20'/2ºT (1-1)
FLAMENGO: Alex Muralha; Gabriel, Rafael Vaz, Léo Duarte (Thuler, 24'/2ºT) e Kleber; Márcio Araújo, Romulo e Everton Ribeiro; Geuvânio (Conca, 32'/2ºT), Vinicius Jr e Felipe Vizeu (Lucas Paquetá, 6'/2ºT). TEC: Reinaldo Rueda.
PARANÁ: Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias e Renatinho; Robson (Murilo Rangel, 32'/2ºT), Minho (Vinicius Kiss, 12'/2ºT (Vitor Feijão, 41/2ºT) e Alemão. TEC: Lisca.
PÊNALTIS
FLAMENGO: Rafael Vaz converteu, Gabriel converteu, Vinicius Jr perdeu, Conca converteu, Everton Ribeiro converteu e Lucas Paquetá perdeu.
PARANÁ: Renatinho converteu, Leandro Vilela converteu, Murilo Rangel perdeu, Brock converteu, Alemão converteu e Vitor Feijão converteu.

Postar um comentário