Anuncio!


O déficit primário do governo foi o pior da história tanto para meses de julho quanto para o acumulado do ano.
Dados divulgados pelo Tesouro Nacional, hoje, mostram que as despesas superaram as receitas em R$ 20,1 bilhões no mês passado, o que levou o rombo do ano a R$ 76,2 bilhões.
No acumulado de 12 meses, o déficit é de R$ 183,7 bilhões —ou seja, R$ 24,7 bilhões acima da nova meta fiscal, mais folgada, de R$ 159 bilhões (o objetivo anterior era um rombo de R$ 139 bilhões).

Postar um comentário