Anuncio!



Dia de Nossa Senhora da Conceição é comemorado no dia 8 de dezembro. Considerado um dos dogmas mais importantes da Fé Cristã, Nossa Senhora da Conceição, a Imaculada, é o símbolo supremo que reverenciamos à virgem Maria santíssima, escolhida e abençoada para ser a mãe de Jesus.
Desde 1854, no seu dia, a Igreja celebra uma grande festa, além de, uma festa específica em cada lugar que a adotou com madrinha. Durante os festejos, missas são celebradas e também uma procissão.
A pureza e a ingenuidade foram reconhecidas em Nossa Senhora da Conceição, e através dela, por seu Estado de graça e de pureza, o filho de Deus tornou-se carne e encarnou-se.
Por isso, a reverência à Imaculada se faz jus como a Rainha de todos os Santos, sempre purificada, não manchada pelo pecado como os outros mortais, como a insígnia de:
·   Mácula do latim, que significa sem mancha.
A validação do dogma Imaculada está fundamentada na Bíblia com muitas passagens que a elucidam como pura desde que estava no ventre de sua mãe.
Igualmente, os religiosos católicos deliberaram a favor do reconhecimento dogmático a Nossa Senhora da Conceição.
Além de ser a padroeira do Estado de Amazonas, aqui no Brasil, também é patrona de Portugal e de outros países que falam o português.
Como seu dia é comemorado em 8 de dezembro, a data também serve como marco de advento para o Natal.

O reconhecimento a Nossa Senhora da Conceição

Somente em 1854, com as considerações do Papa Pio IX, a Igreja Católica reconheceu a referência dogmática à Imaculada Conceição como sendo escolhida por Deus, através do Anjo Gabriel, que considerou toda sua pureza para receber as honras de gerar Jesus.
De fato ela era santificada, pura de corpo e alma, e é assim que devemos tê-la em nossos corações.
Com seu doce olhar, seu manto esvoaçante, sempre traz consigo a representação de sua pureza, através dos “anjos crianças” a seus pés.

Quais os milagres de Nossa Senhora da Conceição

Muitos milagres foram conferidos a quem é devoto de Nossa Senhora da Conceição, como:
·   A todos aqueles tomados por vícios e que suplicam a ela de coração por uma nova oportunidade;
·   Aos cegos que recobraram a visão;
·   Aos mudos que calados se prostram em oração e foram curados.
E seu eterno zelo pelos escravos, inclusive com a linda história do escravo que, ao ser pego pelo capitão do mato em sua fuga, ao ver a capela de Nossa Senhora da Conceição, prostrou-se de joelhos e em fervorosa oração e foi atendido para que sua dor em carregar os grilhões em seus tornozelos fosse aliviada.
Prontamente Nossa Senhora da Conceição lhe atendeu, e como muitos testemunharam o fato, o escravo ganhou sua liberdade.
Também, em 1823, bem antes do reconhecimento do dogma, os poemas cantados exaltando Nossa Senhora da Conceição por dois Padres, expulsaram, através do exorcismo, os demônios encarcerados no corpo de um adolescente.
Que o olhar terno de Nossa Senhora da Conceição comova nossos corações para a bondade e pureza de espírito que acompanhou sua vida e que as mais lindas homenagens sejam reverenciadas a ela todos os anos no dia 8 de dezembro. 

Postar um comentário