Anuncio!




Dominado pelos laboratórios multinacionais, o mercado de insulina no Brasil vai passar por mudanças drásticas.
Nesse ano, serão construídas duas fábricas no país, na Bahia e em Minas Gerais.
A fábrica baiana será pública, uma parceria entre a Bahiafarma, laboratório do governo do estado, e a ucraniana Indar. O projeto, de R$ 250 milhões, prevê o atendimento de toda a demanda anual da SUS.
A segunda fábrica é uma parceria da empresa mineira Biomm, com a Fundação Ezequiel Dias, do governo mineiro.
Segundo o IBGE, mais de 9 milhões de brasileiros têm diabetes é dependem do uso contínuo de insulina.

Postar um comentário