Profissionais do Sexo de 14 estados mais oDistrito Federal participam do 2º Encontro Nacional de Prostitutas, que começou nesta terça-feira (18) e prossegue até a quinta-feira (20) em João Pessoa (PB).
O evento tem como objetivo as políticas públicas voltadas para as prostitutas, a prostituição como trabalho, feminismo e as estratégias de sensibilização desse público com a saúde mental e corporal.
O Encontro, que acontece no Teatro Lima Penante, vai contar com mesas redondas, Grupos de Trabalho (GTs) e intervenções artísticas.
“A Apros-PB existe para defender os direitos das prostitutas, mas também param garantir a criação desses espaços em que as profissionais do sexo, representações dos movimentos sociais e gestores trocam experiências e discutem estratégias focadas nas mulheres, em especial, na mulher que trabalha como prostituta. É importante lembrar que esse trabalho de prevenção, de cuidado com o corpo e saúde a Apros-PB tem feito o ano inteiro junto às prostitutas”, afirmou a A presidente da Associação das Prostitutas da Paraíba (APROS-PB), Luza Maria.
ENCERRAMENTO