A lista dos 234 cursos oferecidos em Natal e no interior, por quatro instituições de ensino, pode ser conferida através da página do Sisu. Foto: Divulgação/UFRN
A lista dos 234 cursos oferecidos em Natal e no interior, por quatro instituições de ensino, pode ser conferida através da página do Sisu. Foto: Divulgação/UFRN
Os candidatos do Rio Grande do Norte que realizaram a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 podem se candidatar às 13.099 vagas disponíveis através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As vagas estão distribuídas entre universidades federais, estaduais e IFRN. A lista dos 234 cursos oferecidos em Natal e no interior, por quatro instituições de ensino, pode ser conferida através da página do Sisu. Até a sexta-feira (25), os candidatos podem acessar o sistema e realizar as inscrições nos cursos que possuem interesse.
Foram disponibilizadas no estado 6.933 vagas para a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), 2.710 para a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), 2.424 para a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) e 1.032 vagas do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN).
No Brasil, estão disponíveis 235.461 vagas, distribuídas em 129 instituições. Candidatos que realizaram o exame e não tiraram nota zero na prova de redação podem se inscrever em até duas vagas, especificando a ordem de preferência e o turno no qual pretende estudar.
Esta edição do Enem trouxe mudanças para os candidatos. O Ministério da Educação (MEC) lançou um simulador de notar de corte do exame para o Sisu, assim, os candidatos podem analisar as possibilidades de cursos que desejam ingressar. Outra novidade é quanto à lista de espera. Até o ano passado, o candidato a uma vaga no ensino superior poderia escolher duas opções de curso e desistir da segunda opção para ficar na lista de espera da primeira. Neste ano, a regra mudou.
Ocorre que haverá uma chamada regular, onde o estudante selecionado em uma das opções de curso não poderá participar da lista de espera. Se ele não for selecionado, poderá ficar na lista de espera de apenas uma das suas opções de curso. De acordo com o MEC, a mudança na permite que os estudantes não selecionados tenham uma maior liberdade na chamada regular dos processos seletivos do Sisu.
Calendário do Sisu 1º semestre de 2019
Inscrições: 22/1 a 25/1
1ª chamada: 28/1
Matrículas da 1ª chamada: 30/1 a 4/2
Inscrição na lista de espera: 28/1 a 4/2
Convocações de outras chamadas: a partir de 7/2