João Câmara está entre as dez cidades mais violentas do Rio Grande do Norte, São Paulo do Potengi aparece na 17°


Considerada uma das principais cidades da região agreste do estado e credenciando-se cada vez mais como um grande polo da indústria eólica, João Câmara é, atualmente, a nona cidade mais violenta do Rio Grande do Norte em 2016.
Os dados foram fornecidos e divulgados pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (Coine), através da Câmara Técnica de Mapeamento de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesed).
A cidade, que segundo o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) tem cerca de 35 mil habitantes, registrou 32 homicídios entre janeiro e novembro deste ano. A diferença para a oitava colocada (Nísia Floresta) é de apenas uma ocorrência. O ranking pode ser conferido abaixo:



Chacina de outubro
Há quase dois meses, no dia 27 de outubro, a cidade registrou a maior ocorrência do ano. Cinco homens foram mortos a tiros e outro ficou ferido numa chacina realizada na periferia da cidade.
De acordo com informações da polícia, todas as vítimas possuíam envolvimento com tráfico de drogas e facções criminosas.
Segundo moradores, os autores do crime chegaram ao local em um carro branco e uma moto. Em seguida, efetuaram os disparos; seis bandidos participaram da ação.
O comandante da Polícia Militar de João Câmara, Capitão João Batista Neto, afirmou que os corpos foram alvejados, na sua maioria, com balas na cabeça, sem chances de reação para as vítimas. Até o momento, ninguém foi preso.


Informações do Agora RN