Corpo da modelo Caroline Bittencourt é encontrado em SP



A modelo Caroline Bittencourt (Instagram)
A modelo Caroline Bittencourt (Instagram)
A corpo da Caroline Bittencourt, de 37 anos, que desapareceu em alto-mar durante passeio de barco em Ilhabela no domingo, foi encontrado na tarde desta segunda (29), pelo Corpo de Bombeiros e pela Marinha, quase 24 horas após ter desaparecido no Canal de São Sebastião. A modelo caiu de um barco durante um vendaval quando atravessava da ilha para São Sebastião com o marido, o empresário Jorge Sestini.
Mais cedo, a lancha do casal foi encontrada afundada a 22 quilômetros de distância, perto da praia de Massaguaçu. Segundo informações da Capitania dos Portos, o corpo foi achado às 16h30 perto da praia das Cigarras, a quatro quilômetros do local do naufrágio, e encaminhado para o IML de São Sebastião. Três embarcações dos bombeiros marítimos participaram da operação de resgate, além de helicóptero.
A embarcação com Jorge e Caroline deixou a ilha às 16h40 com destino à Praia Pontal da Cruz, quando, devido à força dos ventos e da maré, a modelo foi lançada ao mar. Segundo relatos feitos por Jorge ao Gbmar, logo após ser resgatado, ele teria se jogado na água, mas não conseguiu salvar Caroline. O barco teria ficado à deriva e levado em direção ao alto mar.
Caroline fez a última publicação nas redes sociais na manhã de ontem. Ela postou um Stories no Instagram, mostrando o deque de um barco. No perfil dela, fãs já postavam mensagens de apoio e pensamento positivo para que ela fosse encontrada. A modelo deixa uma filha de 17 anos.
Conhecida nacionalmente após se envolver em polêmica durante o casamento do ex-jogador Ronaldo Fenômeno com a também modelo Daniela Cicarelli, Caroline, então namorada do empresário Álvaro Garnero, amigo do noivo, foi impedida de entrar na festa, realizada em um castelo na França.

Estado de emergência

A prefeitura de Ilhabela decretou estado de emergência na manhã desta segunda-feira, 29, após fortes chuvas com rajadas de vento de até 123 km/h atingirem o arquipélago neste domingo, 28. O vendaval no litoral norte derrubou cerca de 300 árvores, interditou a estrada de Castelhanos e o pier principal da ilha e deixou sem energia e telefonia diversos bairros.