Mulher assassinada em Mossoró e marido suspeito encontrado morto


Homem teria telefonado para o Ciosp informando a morte da esposa e dizendo que iria se matar

Mulher identificada como Maria da Conceição Dantas França, 36 anos, foi assassinada na noite de domingo (28), na Zona Rural de Mossoró. Foto: Arquivo Pessoal
Mulher identificada como Maria da Conceição Dantas França, 36 anos, foi assassinada na noite de domingo (28), na Zona Rural de Mossoró. Foto: Arquivo Pessoal
Uma mulher identificada como Maria da Conceição Dantas de França, 36 anos, foi assassinada na noite do domingo (28) na zona rural do município de Mossoró, Região Oeste do Rio Grande do Norte. Ela foi morta com um tiro de espingarda. De acordo com a polícia, o principal suspeito é o marido da vítima, Carlos Alexandre, 46 anos, vigilante, conhecido como “Dedé de Zé de Almeida”. Ele também foi encontrado morto no Sítio Cigano na madrugada desta segunda-feira (29), horas depois da morte da esposa.
Segundo a Polícia Militar, o suspeito acionou o Centro Integrado de Operações em Segurança Público (Ciosp) informando da morte da esposa e disse que tiraria a própria vida. Carlos Alexandre foi encontrado morto em uma estrada de terra no Sítio Cigano, distante cerca de 10 quilômetros da residência do casal, já na madrugada da segunda-feira.
O delegado Rafael Arrais confirmou que o vigilante é o principal suspeito de matar a esposa, que quando ligou para o Ciosp afirmou que havia cometido o crime e que iria se matar. O suspeito também informou na ligação o local onde iria se matar. Na estrada onde o corpo foi encontrado a polícia verificou que havia um número de CPF escrito no chão e irá verificar se o número era do documento do vigilante.