América fica no empate sem gols com a Jacuípense



Roger Gaúcho, suspenso, não jogou contra a Jacuipense e fez muita falta ao time do América. Foto: Canindé Pereira
Roger Gaúcho, suspenso, não jogou contra a Jacuipense e fez muita falta ao time do América. Foto: Canindé Pereira
Um bom primeiro tempo e um jogo aberto, equilibrado e com a Jacuipense chegando desde o minuto inicial para propor o jogo e com qualidade e organização, com destaque para Danilo Rios. O que ficou muito claro no América foi que o time sentiu a ausência de Roger Gaúcho, que cumpriu suspensão automática.
O América sentiu nitidamente na etapa inicial a ausência de Roger Gaúcho, – Hiltinho timido – Adriano Pardal disperso e Jean Patrick que sempre foi o diferencial, apareceu pouco nos 50 minutos iniciais e que a rigor teve uma chance clara de marcar mas que parou no pé do goleiro Jordan.
A Jacuipense teve o que faltou ao América na primeira parte, um homem de qualidade no meio, Danilo Rios, organizando do meio para a frente e armando sempre com perigo. A grande chance do primeiro tempo foi com Thiago Lima que recebeu sozinho na área mas finalizou errado.

Desenho do segundo tempo foi o mesmo do primeiro, um bom jogo, intenso, disputado mas que terminou com o placar em 0 a 0 e com o goleiro Everton.
Foi um jogo aberto na Arena, com a Jacuipense mantendo uma boa posse de bola, mas sem abdicar do jogo em momento nenhum.
Discordo de quem diz que a Jacuipense veio jogar “por uma bola” não foi isso! A Jacuipense jogou de igual para igual com o América, fazendo um jogo equilibrado.
Agora, a decisão fica para o jogo de domingo que vem, dia 7, no estádio Valfredão em Riachão do Jacuípe e quem vencer passa para a próxima fase. Empate e a decisão vai para os pênaltis.
Agora restam três jogos para o América subir para a Série C.