IDE recebe representante do Conselho Nacional de Educação em live



Diante do sucesso das duas primeiras lives, com a fundadora e diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas, Claudia Costin, e com o secretário estadual de Educação, Getúlio Marques, além de um professor e uma mãe de comunidades escolares locais, o projeto “Diálogos em Defesa da Educação”, do Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), traz agora a conselheira do Conselho Nacional de Educação/CNE, Maria Helena Guimarães de Castro, e a estudante do Centro Estadual de Educação Profissional Professora Lourdinha Guerra, Louyse Kelly Silva de Medeiros, para o debate: “Como reestruturar a Educação no retorno das escolas às atividades presenciais?”. 

A live, conduzida pela diretora executiva do IDE, Claúdia Santa Rosa, importante tanto pra rede pública, quanto privada, acontecerá no Instagram @ClaudiaStaRosa, na terça-feira (30), às 19h30. A discussão terá uma abordagem de quais serão as orientações nacionais no processo de restruturação da Educação no retorno às atividades escolares presenciais. Segundo Claúdia, Maria Helena é um dos nomes mais estratégicos, neste momento, para a educação brasileira, uma vez que foi correlatora do Parecer 05/2020 que dispõe sobre a reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da pandemia da Covid-19. “E, neste momento, ela trabalha num novo parecer que vai melhor detalhar a reestruturação da educação a partir do retorno às escolas, que deverá ser apreciado e votado nos primeiros dias de julho, e que leva em consideração tudo que outros países estão estabelecendo, assim como a realidade brasileira”, ressalva Santa Rosa. 

CONVIDADA
Socióloga e professora aposentada da Unicamp, Maria Helena Guimarães de Castro, atualmente, é conselheira do Conselho Nacional de Educação/CNE. É, ainda, presidente da Comissão de Formação de Professores e presidente da ABAVE/Associação Brasileira de Avaliação Educacional, além de Embaixadora do PISA para Escolas no Brasil e consultora educacional. Foi, também, secretária executiva do Ministério da Educação e presidente do Comitê Gestor da Base Nacional Comum Curricular/BNCC; secretária estadual de Educação de São Paulo e membro do Conselho Estadual de Educação de SP, presidente do INEP de 1995 a 2002, sendo responsável pela reformulação do SAEB, implantação do ENEM e do Provão, organização do Sistema de Estatísticas Educacionais e implantação do PISA no Brasil. Participa do Movimento pela Base Nacional Comum Curricular e do Todos pela Educação. É membro da Academia Brasileira de Educação e da Academia Paulista de Educação.

DIÁLOGOS
Essa nova ação do IDE trata os anseios da comunidade escolar e discute as dificuldades atuais diante do distanciamento por causa da pandemia do coronavírus e a necessidade de planejamento para que a saúde seja priorizada no retorno das aulas presenciais, assim como a linha pedagógica que deverá ser adotada para atenuar o atraso na aprendizagem dos estudantes, especialmente os que ficaram meses sem orientação.

O IDE
É uma associação civil, sem fins econômicos, laica e apartidária, fundada em 1º de novembro de 2004, em Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte. Nasceu da mobilização de profissionais que atuam na área de educação, lutando pelos direitos da criança e do adolescente, no que se refere a uma educação escolar pública de qualidade. Tem como missão promover e realizar ações que contribuam para garantir uma educação escolar de qualidade e que favoreçam o pleno desenvolvimento de crianças e adolescentes, criando condições fundamentais para a inclusão social.